12 de setembro de 2009

"... Y Esperaré Hasta El Matrimonio"



Calma, não virei neocon.

O fato é que esse vídeo, conhecido popularmente como "Amo A Laura", tornou-se hit na internet há alguns anos, e motivo de muitas risadas entre amigos meus pelo óbvio ridículo da situação. Ao menos pra mim, é claro que uma campanha desse tipo, tão carola, infantilóide e (porque não?) imbecil, não iria ter sucesso e, no mínimo, aumentaria a procura de virgens temporões por serviços sexuais. Ou seja, virgem mesmo eu não continuo nem a caralho! Vai que me comparam com esses manés?

O problema é que o ridículo e o exagero são ótimas formas de crítica de uma realidade concreta. O vídeo e o grupo são fakes.

Trata-se de uma campanha publicitária da MTV espanhola sacaneando com os grupos conservadores de defesa da família que, imagino, deve dar lá na Espanha feito jogador brasileiro no campeonato de futebol do respectivo país. O nome do grupo fictício é Los Happiness, e era composto de atores contratados em esquema de casting, como em qualquer campanha publicitária.

Há um certo tom de indignação na minha fala: por motivos óbvios. Porra, sacanear um negócio que já é tiração de onda? Me sinto como se tivesse requentado café! Se bem que, do jeito que a coisa vai, é capaz de levarem eles a sério na atual novela das seis da Globo...

Um comentário:

Sentimental ♥ disse...

vendo esse vídeo eu me lembrei de um q fala sobre o uso de dildos ou vibradores [como preferir]...

ah, e eu não amo laura.

bjs