25 de agosto de 2009

Ficou No Ar

Meio que excedendo a cota de textos semanais que eu havia estabelecido, resolvi fazer um post hoje. A provocação veio deste texto que encontrei neste blog aqui (aliás, recomendo. ela escreve muito bem.). De uma forma extremamente singela, a Menina Misteriosa (que não é H. W. - eu nem sei se H. W. é mulher, pra falar a verdade) trata de uma situação que já deve ter ocorrido muitas vezes e com pessoas diferentes. Comigo inclusive, embora faça tempo - e ela não teve um "segundo pensamento" para reconsiderar o que eu oferecia.

Triste, sim. Não mais triste, talvez, do que o destino reservado àqueles que, mesmo tendo certeza dos sentimentos e estando dispostos a apostar alto em busca da felicidade (é, eles sabem do risco que correm e não estão nem aí para a possibilidade de se machucarem feio). Lindo, até a parte em que um fato maior impede que concretizem o que sentem. Normalmente, é a distância.

Sabe aquele novo-velho adágio que diz que "gente legal mora longe"? Pois sim. Tem seu defeito de impedir que se vejam as pessoas legais que estão ao seu redor imediato, mas, pombas, por que tem de acontecer de sabermos da existência de alguém tão sensacional lá na caixa-prego, longe de seu alcance?

A sabedoria popular, desta vez mais antiga, também tem um ditado que descreve bem essa situação - e aquela descrita pela Menina Misteriosa: "Deus dá nozes a quem não tem dentes". A situação é tão triste que, quando o contrário ocorre, vira roteiro de filme cabeça. Estão aí Before Sunrise - Before Sunset que não me deixam mentir.

8 comentários:

Menina Misteriosa disse...

Oi, Victor!
Que bacana... vi seu comentário no meu blog, vim aqui te visitar e tenho uma surpresa deliciosa dessa! Que lindo... obrigada!
Amei seu texto... além de você escrever bem, completa meu pensamento... uma sintonia muito legal!
E o mais impressionante... ao escrever, recebi um e-mail com indicação para ver estes filmes... aluguei os dois e fiquei encantanda (apesar de não ter gostado tanto da continuação).
Antes de postar o texto no blog, não imaginava que era uma situação tão comum... estou aprendendo muito!
Espero que possamos continuar trocando ideias, gostei da sua forma de pensar!
Beijos

Sentimental ♥ disse...

eu odeio distância.
estou quase parando de usar internet e escrever no meu blog por conta disso.
bjs

Menina Misteriosa disse...

Sentimental,
Como assim?
Você não pode parar de escrever no seu blog... te ter é uma delícia!

Sentimental ♥ disse...

ô menina, obrigada, fico feliz em ler isso, mas é q esse negócio de distância está me tirando do sério, em compensação, por sua causa conheci o Bolo de Rolo.
beijos

Menina Misteriosa disse...

Aí, viu? Tem coisa boa também! :)
Sei que a distância é complicada. Torço para que tudo dê certo pra você... (se um dia quiser conversar, estou às ordens)
Só não nos abandone, tá?
Beijos

P.S.: Victor, desculpe usar seu espaço assim... mas eu tinha que dizer pra Sentimental não parar! (ela tem mto talento) ;)

Sentimental ♥ disse...

sim sim, tem muita coisa boa, mas os contras são maiores, mesmo com muito sentimento.
beijos

[obrigada Victor]

Victor disse...

e eu sou o bendito fruto entre as mulheres. :p

moças, fiquem à vontade. eu não sou nem louco de reclamar.

Sentimental ♥ disse...

bendito mesmo. rs
beijos