30 de agosto de 2009

Tirando Para Dançar

- Te convido para, junto de mim, partilhar desta dança da vida, amiga. Saiba, no entanto, que talvez meu ritmo seja diferente do seu. Na maioria das vezes, meu ritmo é diferente do de todo mundo. Ele é lento e cheio de altos e baixos, como se fosse uma barcarola. É assim por ser um reflexo de minha própria vida, e de minha própria compreensão de que minha vida não seria perfeita de outra forma. É um ideal a ser seguido. Eu anseio muito pelo momento em que você vai me dar a mão e a banda começar os primeiros acordes. Mas não faça isso se achar que não conhece os passos, ou que o cavalheiro que a conduz não é suficientemente hábil. Confio em seu julgamento. Se vieres, te prometo o movimento das ondas, o vento das dunas, a sombra de uma árvore praiana. Te prometo o frio aconchegante de um inverno na serra, a mansidão de um lago, o calor de minha proximidade.

Mas você é livre. E eu só danço bem acompanhado. Bem. Acompanhado.

2 comentários:

Sentimental ♥ disse...

q perfeito...
seria ótimo se todos se apresentassem assim, haveria menos erros nas relações humanas.
obrigada pela dança.
beijos

Menina Misteriosa disse...

Que delícia este convite!
Tenho certeza que ela não vai recusar...
E concordo com a Sentimental... seria tão mais gostoso se todos tivessem esta sinceridade...
Boa semana,
Beijos